ID– Blog

Blog do Instituto do Desenvolvimento

  • Início
    Início Aqui é onde pode encontrar todos os artigos em todo o site.
  • Categorias
    Categorias Mostra uma lista de categorias deste blogue.
  • Etiquetas
    Etiquetas Mostra uma lista de etiquetas que tem sido utilizados no blogue.
  • Membros
    Membros Procure o seu Autor favorito deste site.
  • Equipas do Blog
    Equipas do Blog Encontre a sua equipa favorita aqui.
  • Entrar
    Entrar Formulário de Entrada
Artigos Recentes

Publicado por em em Terapia da Fala

b2ap3_thumbnail_Screen-shot-2013-05-08-at-4.26.08-PM.png

Hoje, dia 22 de outubro, assinala-​se o Dia Internacional da Consciencialização para a Gaguez.

A gaguez é uma perturbação da comunicação, que afeta o indivíduo que gagueja, assim como os respetivos interlocutores, os quais frequentemente, demonstram dificuldades em saber como lidar com as características do discurso do primeiro. Na gaguez, a fluência do discurso encontra-​se alterada, com presença de pausas, bloqueios, repetições, prolongamentos de sons/​sílabas, ou mesmo, de palavras. De acordo com a Stuttering Foundation (2013), a etiologia da problemática é multifatorial, envolvendo a interação de fatores genéticos, desenvolvimentais, neurofisiológicos e fatores relativos à dinâmica familiar.

Contudo, importa distinguir os conceitos de gaguez e de disfluência, que surgem, por vezes, como sinónimos. A disfluência é apenas uma parte da gaguez, existindo outras, não menos importantes. Uma delas são os comportamentos/​emoções negativos que podem estar associados à gaguez, tais como medo, vergonha, ansiedade, evitamento, isolamento, depressão. Estes podem não ser uma causa ou consequência direta do facto de haver disfluência e não têm de fazer parte das características psicológicas destas pessoas. Na gaguez, coexistem comportamentos secundários, tais como, alguma tensão física, existência de comportamentos não verbais, nomeadamente, motores (piscar de olhos, contorções faciais, movimentos de cabeça). Esquematicamente, por analogia a um iceberg (Hicks, 2003), a gaguez seria algo como a imagem apresentada abaixo.

b2ap3_thumbnail_gagues.png

De facto, as características da disfluência constituem a parte visível e nem sempre representativa do todo que é a gaguez.

A gaguez afeta a qualidade de vida e a participação do indivíduo em atividades sociais. Ao efetuar uma análise ecológica, pode afetar o indivíduo na sua dimensão física, psicológica e social, podendo condicionar, por exemplo, a escolha de uma profissão.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

A Hidroterapia é uma técnica que utiliza a água como objeto terapêutico. O corpo emerso em água aquecida pode vivenciar situações, estímulos e sensações únicas contribuindo assim para a habilitação e reabilitação do indivíduo. A hidroterapia conduz a uma melhor saúde e bem-​estar físico e mental, estando destinada a todas as pessoas.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_banner_alzheimer1.png

Idades mais avançadas estão associadas a um declínio ligeiro no nosso funcionamento cognitivo. O nosso processamento mental fica mais lento e a quantidade de informação que conseguimos memorizar é menor. No entanto, estas limitações não devem interferir de forma significativa no nosso dia a dia. Quando estas dificuldades começam a interferir na execução das tarefas diárias ou quando outras funções cognitivas são afetadas devemos procurar a ajuda de um profissional de modo a estudar a presença de uma síndrome de défices cognitivos, mais conhecida por demência. A demência pode ter causas reversíveis (e.g., falta de vitaminas, desidratação) ou não reversíveis (e.g., doença de Alzheimer, doença de Parkinson, Esclerose Múltipla). Em ambos os casos sua detecção precoce é essencial para aumentar os benefícios da intervenção farmacológica e cognitiva.

Demência de Alzheimer: sinais de alerta

Quais são os sinais de alerta a que devemos estar atentos?

Lapsos na memória

Esquecer algo que lhe foi dito há pouco tempo, não conseguir fixar informação nova (e.g., uma notícia ou um livro), esquecer datas importantes…

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_watsu.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Educação

A entrada no 1º Ciclo é sempre uma altura importante para as crianças e para os seus Encarregados de Educação. É um momento de mudança, de desafios e de expectativas, no qual são necessários atenção e orientação redobradas por parte dos adultos, no sentido de facilitar a adaptação dos novos estudantes ao novo contexto.

Última modificação em
0

Publicado por em em Educação Especial

Durante muito tempo as crianças com Necessidades Educativas Especiais viveram a exclusão escolar. Quando se tratava de deficiências severas, as crianças eram normalmente inseridas em instituições ou não iam à escola, permanecendo fechadas em casa com as suas famílias. Com o passar dos anos considerou-​se essencial instruir todas as crianças em ambiente escolar inclusivo. Surge, então, a Educação Especial baseada no lema “Escola para todos”.

A Educação Especial surge da necessidade das escolas regulares atenderem às necessidades de todas as crianças. A Educação Especial abrange todos os alunos que, quer por deficiência física, motora ou mental, ou por problemas cognitivos e de aprendizagem, não conseguem acompanhar o ensino regular e por isso têm que ter uma “Educação Especial”, sendo inseridos nas Necessidades Educativas Especiais.

Última modificação em
0

Publicado por em em Terapia Ocupacional

QUAIS OS SINAIS DE ALERTA A TER EM ATENÇÃO PARA CONSULTAR UM TERAPEUTA OCUPACIONAL?

Última modificação em
0

Publicado por em em Terapia Ocupacional

A Integração Sensorial é o processo neurológico que organiza a informação proveniente do nosso corpo e do mundo que nos rodeia de modo a usá-​la no dia-​a-​dia.

Última modificação em
0

Publicado por em em Hiperatividade e Défice de Atenção



Trata-​se de uma Perturbação do neurodesenvolvimento que resulta de alterações no funcionamento do sistema nervoso. É crónica, evolui ao longo da vida, com diversa etiologia (fatores genéticos, biológicos, ambientais). A sua prevalência varia entre 3% a 7% na população infantil onde 30% a 50% progridem para a idade adulta. Carateriza-​se por um défice ao nível das funções executivas, que afeta a capacidade de planear e organizar as tarefas. A labilidade emocional, irritabilidade e baixa resistência à frustração são também frequentes.

Última modificação em
0

Publicado por em em Terapia da Fala

Consulte um Terapeuta da Fala se verificar Sinais de Risco

Última modificação em
0

Publicado por em em Síndrome de Asperger

Última modificação em
0

Publicado por em em Dislexia

Muitos de nós já ouvimos falar em Dislexia. Mas nem todos conhecemos claramente o seu significado e as suas especificidades.

Última modificação em
0

Rua da Estrebuela, nº 106, 4580–091 PAREDES
geral@​institutododesenvolvimento.​pt
TELFS: 255 401 557 | 967 688 612 | 929 065 841

Declaração de Privacidade

© 2016 — Instituto do DesenvolvimentoJoomla Templates.