ID– Blog

Blog do Instituto do Desenvolvimento

  • Início
    Início Aqui é onde pode encontrar todos os artigos em todo o site.
  • Categorias
    Categorias Mostra uma lista de categorias deste blogue.
  • Etiquetas
    Etiquetas Mostra uma lista de etiquetas que tem sido utilizados no blogue.
  • Membros
    Membros Procure o seu Autor favorito deste site.
  • Equipas do Blog
    Equipas do Blog Encontre a sua equipa favorita aqui.
  • Entrar
    Entrar Formulário de Entrada
Artigos Recentes

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_blog.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_mental2.jpg

Não somos super-​heróis, nem super-​heroínas… Somos seres humanos e, como tal, não somos imbatíveis. Temos os nossos limites!

Última modificação em
0

Publicado por em em Educação

b2ap3_thumbnail_professor1.jpg

A sociedade em que vivemos exige continuamente aos cidadãos a sua opinião e intervenção sobre as mais variadas matérias. Por esta razão, o processo de ensino-​aprendizagem é determinante para a participação numa sociedade ativa e para o exercício pleno da cidadania. A literacia é fundamental para que os jovens compreendam o mundo que os rodeia e, desta forma, tenham um papel ativo e preponderante na construção do futuro. Ao professor é pedido que proporcione, aos alunos, experiências educativas que facilitem o processo de aprendizagem. Espera-​se ainda que o docente os motive para a aprendizagem não só em contexto sala de aula mas também noutras atividades extracurriculares, onde os alunos se enriquecem do ponto de vista académico mas também como pessoas e cidadãos ativos e participativos na realidade que os rodeia.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_site.jpg

Hoje, 8 de setembro, assinala-​se o Dia Internacional da Literacia. A literacia é fundamental na vida das pessoas e das sociedades. Segundo a UNESCO, “literacia é a capacidade para identificar, compreender, interpretar, criar, comunicar e usar as novas tecnologias, de acordo com os diversos contextos”.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_flyer.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_neurodesenvolvimento.jpg

O Neurodesenvolvimento infantil e juvenil é um processo dinâmico, pautado por etapas que poderão ter um percurso muito individualizado. Uma parentalidade sólida e estruturada é fundamental nesta viagem!
Tudo começa na gravidez, momento em que o património genético em diálogo com o ambiente ordena a formação de órgãos, sistemas e circuitos. Qualquer alteração poderá ter consequências drásticas no futuro. Algumas dessas alterações podem ser detetadas durante a vigilância habitual da gravidez, outras só se manifestam mais tarde.
Prosseguindo a viagem, chegamos ao momento do parto. Também neste timing poderão ocorrer complicações, nomeadamente défice de oxigenação do bebé, com sofrimento do mesmo. Aquando da alta hospitalar, o trajeto continua em casa, muitas vezes um arco-​íris de dúvidas e inseguranças, que preenchem o dia-​a-​dia dos pais. O primeiro ano de vida do bebé é rico em aquisições psicomotoras, sendo fundamental um ambiente familiar estimulante e uma vinculação afetiva forte. Fixar e seguir objetos, segurar a cabeça, sentar sem apoio, ficar de pé segurando alguma coisa, fazer gracinhas, a imitação, as primeiras palavras, são marcos do 1.º mês, 3.º mês, 6.º meses, 9.º mês e 12.º mês, respetivamente. É importante realçar o ritmo próprio de cada bebé. Os atrasos, desvios ou dissociações devem ser interpretados cautelosamente numa constelação de outros potenciais sinais de alarme. Quando detetados devem ser imediatamente referenciados para intervenção precoce.
O segundo ano de vida é caracterizado pela linguagem recetiva adequada, jogo simbólico, a atenção conjunta, a imitação, a marcha autónoma e um vocabulário em crescimento.
As aptidões de comunicação, a interação social, a linguagem expressiva e recetiva, a motricidade global e fina vão acompanhando a maturação das diferentes áreas cerebrais. A viagem caminha até à adolescência e idade adulta. Os cuidadores, os pais, os avós, os profissionais de saúde são vitais nesta viagem que se espera terminar num futuro salpicado de sorrisos.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_9255697.jpg

por Tad Wanveer, LMT, CST-​D; autor convidado de John Upledger, DO, OMM

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_SHUTTERSTOCK_76317430.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_grafomotricidade.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_FACEBOOK.jpg

Na União Europeia, consideram-​se Doenças Raras aquelas que têm uma prevalência inferior a 5 em 10.000 pessoas, considerando o total da população da UE.

Última modificação em
0

Publicado por em em Síndrome de Asperger

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_mindblog.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_cARTAZ.png

A esclerose múltipla é uma doença neurológica incapacitante que afeta o sistema nervoso central (encéfalo e medula espinhal). Esta doença é geralmente progressiva, o que significa que se agrava ao longo do tempo. Afeta o Sistema Nervoso Central (SNC).

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

O Dia Internacional da Pessoa com Deficiência é uma data comemorativa internacional promovida pelas Nações Unidas desde 1998. Segundo o 37º plenário da Assembleia Geral das Nações Unidas de 1992, através da resolução nº 47/​3, todos os estados membros e as organizações envolvidas na problemática da deficiência foram convidadas a intensificarem os seus esforços de forma eficaz e sustentada, com vista a melhorar a situação das pessoas com deficiência, proclamando o dia 3 de Dezembro como o “Dia Internacional da Pessoas com Deficiência”.
Este dia tem como objetivo promover uma maior compreensão dos assuntos concernentes à deficiência e para mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bem estar das pessoas. Procura ainda aumentar a consciência dos benefícios da integração das pessoas com deficiência em cada aspeto da sua vida política, social, económica e cultural. A cada ano o tema deste dia é baseado no objetivo do exercício pleno dos direitos humanos e da participação na sociedade, estabelecido pelo Programa Mundial de Ação a respeito das pessoas com deficiência, adotado pela Assembleia Geral da ONU em 1982.


Em Portugal, segundo os dados do site do Instituto Nacional de Estatística, I.P. (INE, I.P.), os principais resultados definitivos do Censos 2011, que, na área da deficiência, integram os princípios preconizados na Classificação Internacional da Funcionalidade (CIF). Da leitura do Censos 2011 saliente-​se os resultados relativos à População com dificuldades na realização de algumas atividades do dia a dia por motivos de saúde ou idade:

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_25nov2.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_cultura-cientifica.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_prematuridade.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Dislexia

b2ap3_thumbnail_disleia-blog.jpg

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_exames_4.jpg

O cancro da mama ocorre quando se verifica um crescimento anormal de células malignas na região da mama. O seu aparecimento depende de vários fatores entre eles alterações genéticas (apenas 10% dos casos), fatores ambientais e fatores comportamentais como excesso de peso, sedentarismo, consumo de álcool e de tabaco, alimentação rica em gorduras e açucares, entre outros.

Última modificação em
0

Publicado por em em Uncategorized

b2ap3_thumbnail_avc_14.jpg

Última modificação em
0

Rua da Estrebuela, nº 106, 4580–091 PAREDES
geral@​institutododesenvolvimento.​pt
TELFS: 255 401 557 | 967 688 612 | 929 065 841

Declaração de Privacidade

© 2016 — Instituto do DesenvolvimentoJoomla Templates.